IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

    banner-terreiros

Notícias

Workshop Internacional Design e Distritos Criativos

  • Publicação:

No dia 20 de setembro, o Cine Teatro Sesc Senac Pelourinho reunirá representantes de órgãos do poder público, empresas, instituições de ensino e lideranças da sociedade civil, para refletir sobre experiências nacionais e internacionais de implantação bem-sucedida de projetos de economia criativa em áreas urbanas. O encontro deve gerar insumos destinados à elaboração do plano de desenvolvimento de um distrito criativo no centro histórico de Salvador, a partir da ocupação de imóveis do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC)

Salvador, 28 de agosto de 2017 – Com realização do Instituto Roerich da Paz e Cultura do Brasil, coordenação-geral e curadoria do Instituto Pensar e curadoria da Garimpo de Soluções, o Workshop Internacional Design e Distritos Criativos – Casos e Ideias para a Bahia tem uma programação permeada por palestras e debates com especialistas na criação de modelos inovadores e inspiradores de requalificação urbana e desenvolvimento socioeconômico.

As experiências de Lisboa (Portugal), Buenos Aires (Argentina), Medellín (Colômbia) e do Rio de Janeiro serão compartilhadas nas apresentações da assessora especial da Prefeitura de Lisboa Branca Neves, especialista em projetos de design de cidades; do ex-assessor técnico do Sistema de Informação Cultural da Argentina, Alejandro Castañé, gerente de projetos de transformação de cidades, como Sampa Criativa; da gerente de distrito de inovação de Medellín, Ana Isabel Maya; do ex-secretário nacional de economia criativa do Ministério da Cultura, Marcos André Carvalho, que dirigiu um case pioneiro no Brasil, o Rio Criativo; e da assessora em economia criativa para a ONU Ana Carla Fonseca, apontada pelo El País como uma das oito personalidades brasileiras que impressionam o mundo.

A partir da observação dos processos que têm ressignificado positivamente zonas urbanas em diferentes países, gerando trabalho e renda, serão abordadas soluções para a realidade baiana e do centro histórico de Salvador, nas falas do diretor IPAC, João Carlos de Oliveira, que pretende estimular o uso dos imóveis de propriedade o IPAC para implantação de projetos criativos; e do superintendente de promoção cultural da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult), Alexandre Simões.

Dessa forma, o evento alinha entendimentos, entre várias esferas da sociedade (entidades públicas, privadas, academia e sociedade civil), acerca do que é um distrito criativo e de como seria o primeiro caso na Bahia.

NEGÓCIOS CRIATIVOS

Segundo definição do SEBRAE, a economia criativa engloba atividades que estão baseadas no conhecimento e produzem bens tangíveis e intangíveis, intelectuais e artísticos, com conteúdo criativo e valor econômico – ou seja, que têm a criatividade e o talento como matéria-prima. Assim, desde joias e vestuários até jogos a aviões, uma série de produtos e serviços tem valor determinado pelo conhecimento que agrega e pela qualidade do seu design. De acordo com levantamento da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), esse setor possui 239 mil estabelecimentos no Brasil, responsáveis por uma riqueza de R$ 155,6 bilhões em 2015.

Nesse contexto, o Workshop Internacional Design e Distritos Criativos marca o início da concepção do primeiro distrito criativo baiano, um projeto de requalificação urbana e desenvolvimento socioeconômico – em uma iniciativa do Governo do Estado da Bahia, por meio da Secult e do IPAC, com participação da Secretaria Estadual da Ciência Tecnologia e Inovação e apoio da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia.

As vagas são limitadas, abertas para convidados e para o público em geral, as inscrições devem ser feitas com antecedência por e-mail
assessoria.pensar@gmail.com, estando sujeitas a lotação. Para mais informações, telefone para (71) 3037-7790. Confira a seguir a programação e participe dessa iniciativa!

Serviço

Workshop Internacional Design e Distritos Criativos – Casos e Ideias para a Bahia
PARA MAIS INFORMAÇÕES, ENTRE EM CONTATO COM A ASSESSORIA DE IMPRENSA:

 

Iara Hortal