IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

Notícias

Sessão especial em homenagem aos capoeiristas

  • Publicação:

Em homenagem ao Dia do Capoeirista, celebrado no último dia 3 de agosto, foi realizado, hoje (19), na Assembleia Legislativa da Bahia , uma sessão especial em comemoração à data. O evento contou com a presença do diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira, que representou o governador Rui Costa e a secretária de Cultura, Arany Santana; além de Tonho Matéria, Professora Negona, Manganga e outros convidados. Na ocasião, representantes de grupos de capoeiras da Bahia receberam placas de homenagem e reconhecimento.

A ideia sessão especial foi do líder do Governo na Casa Legislativa, deputado Rosemberg Pinto (PT), visando valorizar a contribuição cultural e histórica que a capoeira e seus praticantes oferecem à Bahia e ao Brasil. Além de festejar a data, o evento serviu também como um pontapé para pensar, de forma sustentável, políticas importantes para a salvaguarda da capoeira e seu espaço na cultura da Bahia. Vale lembrar que o plano de salvaguarda já está sendo construído em um planejamento estratégico entre o IPAC e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

A Capoeira
Criada pelos africanos escravizados, a partir do século XVI, para proteção contra a violência dos colonizadores, a capoeira é arte marcial, esporte, cultura popular, dança e música. Em 2008, a modalidade recebeu, de forma pioneira, o reconhecimento do estado brasileiro de Patrimônio Cultural Imaterial (Decreto- n.º 10.178/06), através do IPAC, e, em 2014, tornou-se Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, possuindo adeptos em mais de 160 países.