IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

    banner-terreiros

Notícias

Projeto ‘Dei Valor!’ do IPAC destaca Balé Folclórico no Pelourinho

  • Publicação:

Com quase 30 anos de trajetória, o Balé Folclórico da Bahia (BFB) acaba de ganhar um vídeo do Projeto ‘Dei Valor!’ do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) que mostra a importância artístico-cultural e social dessa iniciativa no Centro Histórico de Salvador (CHS). Assista: https://goo.gl/1ShLtv. A iniciativa é da Secretaria de Comunicação do Estado (SECOM) no programa Nossa Cultura. O projeto ‘Dei Valor!’ dissemina ocupações bem-sucedidas de imóveis no Centro Histórico de Salvador (CHS).

“O Pelourinho é um espaço que é ocupado por bons projetos que merecem ser conhecidos pelos soteropolitanos, baianos, turistas nacionais e internacionais”, afirma o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira. Segundo o dirigente, algumas dessas iniciativas bem-sucedidas no Pelourinho ocupam imóveis do Estado, como o Balé que administra uma grande casa do IPAC na esquina da Rua Gregório de Mattos com a Ladeira do Ferrão. O imóvel tem três pavimentos, com palco/plateia, camarim, sala de ensaio, cabine de som e luz, além de estrutura hidrossanitária e logística. Ao fundo da casa, área a céu aberto com piso em pedra portuguesa para eventos, com sanitários e bar.

DIMENSÃO INTERNACIONAL – “Administramos o Teatro Miguel Santana que ocupa a casa e também virou a nossa sede; além das turnês nacionais e internacionais é muito importante estarmos no Pelourinho pela simbologia que isso representa e pela visibilidade do local”, lembra o fundador e diretor do Balé, Vavá Botelho. Segundo ele, a companhia trabalha com as manifestações populares e folclóricas do estado da Bahia, promovendo apresentações, cursos, oficinas, trabalhos artísticos e sociais.

“O que fazemos ganhou dimensão internacional e se tornou objeto de estudos e pesquisas no mundo inteiro”, diz Botelho. O BFB já se apresentou em mais de 200 cidades e 24 países. “Descobri o meu objetivo, que é trabalhar com dançar e ainda sobreviver com essa atividade artística”, comemora a dançarina solista e professora assistente da companhia, Nildinha Fonseca. O dançarino Arismar Júnior ressalta que se formou no Balé. “Aqui eu aprendi a ser cidadão e profissional; o Balé para mim é tudo”, diz emocionado. “Antes de vir para o Pelourinho, o Balé não tinha sede, apenas uma sala alugada nos Barris. Passamos a ocupar o casarão do IPAC em 2004”, conta Botelho.

IMÓVEIS e REQUALIFICAÇÃO – A ocupação dos prédios do IPAC atende estratégias urbanístico-arquitetônicas de fomento à economia local, atividades consulares, comerciais, culturais e artísticas, visando dinamismo local. São 226 imóveis na zona tombada do CHS, apenas cerca de 2% do total da região. O restante de 98% é de propriedade da Prefeitura de Salvador, governo estadual, privados, irmandades e ordens da Igreja Católica. O Governo do Estado atua ainda com a Conder/Sedur no CHS. “Além da casa do Balé, o governo mantém as fachadas de outros imóveis”, diz o diretor do Centro Antigo de Salvador (Dircas/Conder), Maurício Mathias. A Dircas requalifica também 267 ruas, praças e calçadas com investimento de R$ 124 milhões.

“A Conder reformou a Praça Pastores da Noite do IPAC, utilizada pelo Projeto Mandinga que ocupa outra casa do IPAC atendendo crianças, adolescentes e adultos”, completa João Carlos. Confira a praça: https://goo.gl/RduW6w. Assista ao vídeo do BFB:https://goo.gl/1ShLtv. As apresentações ao  vivo acontecem de segunda-feira ao sábado, sempre às 20h, na Rua Gregório de Mattos, nº 49. Informações: www.balefolcloricodabahia.com.br. Acesse: www.ipac.ba.gov.br, facebook Ipacba Patrimônio, twitter @ipac_ba e instagram @ipac.patrimonio.

Fotos em alta resolução: https://www.flickr.com/photos/secultba/albums/72157658932271245/with/21593854192/

Crédito Fotográfico obrigatório Fotos – Lei nº 9610/98: Jefferson Vieira

 

Assessoria de Comunicação – IPAC, em 29.06.2017

Jornalista responsável Geraldo Aragão (DRT-BA nº 1498)

(71) 99110-5099, 3117-6490, 3116-6673

ascom.ipac@ipac.ba.gov.br

www.ipac.ba.gov.br

Facebook: Ipacba Patrimônio – Twitter: @ipac_ba