IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

    banner-terreiros

Notícias

Museu Udo Knoff promoveu bate-papos sobre a Consciência Negra

  • Publicação:

“Somos parte de você: na rota da consciência negra” foi o tema dos últimos encontros (realizados em 29 e 30/11, às 14h) do projeto que o Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica (Pelourinho) elaborou dentro de sua programação especial em comemoração ao Novembro Negro. O projeto ‘Somos parte de você’ promoveu bate-papos sobre a temática afro em parceria com a educadora Carla Pita. Nos encontros de 29 e 30/11, os presentes participaram de um jogo de alta complexidade, com leitura e formação de palavras, que trabalhou a coordenação motora, o raciocínio e a concentração, colocando em foco, nomes de lideranças dos direitos civis nos Estados Unidos.

 

“Trabalhamos a temática negra o ano todo. Educar no Mês da Consciência Negra é a reafirmação de uma data importante para esta comunidade. Durante os dias do projeto, em parceria com o museu, recebemos um público bem diversificado e conseguimos trabalhar intensamente a lei que determina o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana nas escolas públicas e particulares do Brasil.  Eu só tenho a agradecer ao Museu Udo Knoff por abrir um espaço público para uma discussão como essa. O evento teve um ganho magnífico pela presença da juventude”, explicou a educadora Carla Pita.

 

“Pretendemos trazer à tona, no espaço de memória (que é o museu), outras histórias e memórias de grupos étnicos da sociedade, valorizando-as e comunicando-as. Para o museu, é a oportunidade de debater assuntos que interferem diretamente na construção de identidades individuais e coletivas”, informou a coordenadora do museu, Renata Alencar.

 

“Falar de Consciência Negra é tocar na questão da omissão de um passado. É destacar os heróis negros e as figuras políticas e sociais que fizeram a construção dessa sociedade”, declarou Viviane do Espírito Santo, professora do Projeto Mais Educação no Colégio Estadual Azevedo Fernandes.

 

O projeto foi uma parceria com a educadora social Carla Pita e contou com grupos de jovens de 15 a 20 anos de escolas parceiras, mas também foi aberto ao público. Contemplou bate-papo com a professora a partir de jogos educativos. Em 16/11, o projeto trouxe o tema “Somos parte de você: mulheres negras e o seu lugar na sociedade”. Já no dia 23/11 o tema abordado foi “A África não é um país e ela faz parte de nós”. Nos dias 29 e 30/11, encerrando o projeto, Carla trouxe a temática “Na rota da Consciência Negra”.

 

O Museu – O Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica dispõe de dois ambientes ocupados por materiais referentes à arte da cerâmica e do azulejo. A área inferior expõe as peças criadas pelo ceramista Udo Knoff, alé de proporcionar uma visão cronológica da existência do azulejo disposta do século XV ao XX, incluindo sua chegada ao Brasil, no século XVII. Já a sua área superior, exibe fotografias de prédios revestidos com azulejos confeccionados pela oficina de Udo Knoff, fruto de projetos de artistas renomados do estado da Bahia. Completam a exposição, objetos confeccionados nas oficinas desenvolvidas pelos museólogos da casa, que realizam atividades educacionais com o objetivo de se manter o desejo de Udo Knoff. O museu integra os espaços administrados pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Dimus/IPAC), da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).

 

Visitação: terça a sábado das 13 às 17 horas

Entrada: grátis

Contatos: Rua Frei Vicente, 03, Pelourinho – Salvador (BA) – (71) 3117-6389