IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

Notícias

IPAC participa de encontro internacional promovido pelo Museu da Pessoa, em São Paulo

  • Publicação:

O Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) participa, de 4 a 9 de junho, em São Paulo, do workshop internacional Espaços de Memória e Cultura – 4ª Edição “Saúde, Patrimônio e Memória”. O encontro, realizado no Centro de Pesquisa e Formação do SESC-SP em parceria com o Museu da Pessoa, tem como proposta apresentar aos participantes os principais conceitos e abordagens em estudos culturais e tendências atuais na prática do patrimônio. Além disso, o curso pretende abordar aspectos teóricos do pensamento patrimonial e museológico, tratando de temas específicos como mediação cultural e práticas participativas nas artes, patrimônio e curadoria, e como estes se cruzam com elementos como inovação e valor social.

 

De acordo com o diretor João Carlos Oliveira, a participação do IPAC é uma oportunidade para compartilhar experiências e ampliar as possibilidades de realização de atividades culturais nos espaços públicos (museus) do Estado da Bahia. “Em 50 anos de atuação, o IPAC tem promovido diversas ações para formação de público, atividades de preservação, conservação, assim a interação com a comunidade através de programas educativos, exposições e ações multidisciplinares de dinamização. Somado a essas ações, buscamos realizar projetos que possam servir de base e proposição para a construção participativa e articulada de uma política pública estadual para a área museológica”, defende o diretor.

Quem representa o IPAC é a produtora cultural Janaína Mendes, lotada no Palacete das Artes. No workshop ela integra as sessões de grupo para discussões e troca de experiências entre os participantes. O trabalho de campo é outra parte do curso, no qual os participantes realizam pesquisas nas instituições culturais convidadas. O workshop é um curso intensivo destinado a estudantes universitários, bem como profissionais do patrimônio interessados em aprofundar seus conhecimentos e prática em estudos patrimoniais e museológicos, e mais amplamente em estudos culturais.

 

O Workshop inclui palestras cobrindo aspectos teóricos – com contribuições de palestrantes convidados do Brasil, Luxemburgo e Reino Unido – bem como sessões participativas e em grupo. Ainda, os participantes trabalham em equipes e recebem tutores rotativamente durante todo o workshop.

 

Na abertura do encontro, o diretor do SESC em São Paulo, Danilo Santos de Miranda, ressaltou a importância do evento para ampliar o diálogo com a sociedade e instituições, para realizações de atividades e ações para o bem-estar e o bem-viver das pessoas, a partir da cultura, memória e convívio social.

A diretora-presidente do Museu da Pessoa (São Paulo), Karen Worcman, fez uma retrospectiva das edições anteriores do evento, ressaltando a importância dos museus como espaço de promoção da saúde, a partir de uma perspectiva de reconstrução de uma coesão social, a qual a sociedade necessita, num momento de conflitos sociais e engessamento na contemporaneidade.

 

Vale destacar, entre as falas, a palestra “Saúde, patrimônio e memória”, ministrada por Mathieu Viau-Courville, doutor em História da Arte pela Universidade de East Anglia, Reino Unido. O palestrante trouxe uma provocação no intuito de refletir sobre como favorecer a participação cidadã nos museus. Ele acredita que há vários contextos possíveis de serem trabalhados sob a perspectiva da interdisciplinaridade. Para o especialista, as pessoas não devem apenas consumir os museus e os seus acervos, mas fazer parte deles. E esse é o valor social dos museus. Acessibilidade, democratização cultural, interação promovem saúde. E a saúde é também uma construção social, conforme pontou Courville.

 

Confira a programação

04/06 – Segunda-feira

9h30 I Recepção/ Credenciamento

10h-11h I Abertura

Danilo Santos de Miranda – Diretor do Sesc São Paulo

Karen Worcman – Diretora do Museu da Pessoa, São Paulo

11h as 11h30 I Café

11h30 às 13h I Mesa: Saúde, Cultura e Memória

Eurípedes Gomes Junior – Doutor em Museologia e Patrimônio pela UNIRIO/MAst.

Sérgio Ishara – Doutor em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP(2007), com ênfase em Psiquiatria.

13h as 14h30 I Almoço

14h30 às 14h45 I Apresentação do Programa

14h45 às 16h I Saúde, Patrimônio e Memória

Mathieu Viau-Courville – Doutor em História de Arte pela Universidade de East Anglia, Reino Unido

16h as 16h30 I Café

16h30 às 18h I Apresentação Gerência de Saúde e Alimentação do Sesc São Paulo

Jair de Souza Moreira Junior – Doutor em Ciências Odontológicas (Odontologia Social) da USP. Assistente da Gerência de Saúde e Alimentação no SESC São Paulo.

18h as 18h30 I Síntese

05/06 – Terça-feira

10h as 11h30 I História Oral e Bem Estar

Paul Thompson – Professor Emérito de Sociologia da Universidade de Essex.

11h30 às 12h I Café

12h as 13h30 I Mesa: Inclusão, Memória e Saúde

Remon Matheus Bortolozzi – Doutorando no Programa de Medicina preventiva da Faculdade de Medicina da USP, especialista em Gênero e Sexualidade pela UERJ.

Paulo Endo – Psicanalista, professor do Instituto de Psicologia e coordenador do Grupo de Pesquisa em Direitos Humanos, Democracia, Política e Memória do IEA/USP.

13h30 às 15h I Almoço

15h às 16h30 I Trabalho em grupo

17h às 18h30 I Mesa redonda (organizações convidadas)

06/06 – Quarta-Feira

10h às 11h30 I Espaços de Memória e Cultura

Karen Worcman – Fundadora e diretora do Instituto Museu da Pessoa.

11h30 às 12h I Café

12h às 13h I Narrativas de cura a partir das práticas sociais de frequentadores do Sesc-SP

Yuri Bassichetto Tambucci – mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo e pesquisador associado do Laboratório do Núcleo de Antropologia Urbana (LabNAU-USP)

13h às 14h30 I Almoço

14h30 às 17h I Trabalho em grupo

17h as 18h30 I Mesa redonda (organizações convidadas)