IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

Notícias

IPAC leva “Diálogos Patrimoniais” para municípios da Bahia

  • Publicação:

Com o objetivo de intensificar as atividades em diversos municípios baianos que esclarecem sobre patrimônio cultural, suas fundamentações e processos de reconhecimento, o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), autarquia vinculada à Secretaria de Cultura de Estado (Secult/Ba), lança o projeto “Diálogos Patrimoniais”. No cronograma, as próximas cidades a serem beneficiadas são Taperoá (19 a 21 de agosto); Caetité (23 e 24 de agosto); e Barreiras (10 a 13 de setembro) .

A estratégia do IPAC parte da necessidade de expandir os conhecimentos sobre Educação Patrimonial em outras regiões do Estado, interiorizando cada vez mais a atuação do instituto; além de proporcionar que moradores e, principalmente, formadores de opinião de cada cidade, entendam a importância de construir um sistema municipal de cultura e de editais. Na ocasião, o público participará de uma roda de diálogos acerca de assuntos relacionados a patrimônios culturais, com atividades lúdicas para elaboração de um inventário participativo.

Após Taperoá e Caetité, a próxima cidade a receber a equipe da Coordenação de Educação Patrimonial (Cepa) do IPAC será Barreiras. De acordo com Daiana Sacramento, coordenadora de Educação Patrimonial do instituto, as ações educativas sobre patrimônio nos municípios acontecem há anos, mas o objetivo de lançar o projeto “Diálogos Patrimoniais” é intensificar esta atividade, de maneira a contemplar o máximo de cidades na Bahia.

“Nosso cronograma está sendo montado sob demanda. A ideia é atender as necessidades da população dos municípios com conteúdo personalizado”, explica Daiana.

Taperoá – Na cidade de Taperoá (a 143 quilômetros de Salvador), a programação terá início na segunda-feira (19) com uma visita da equipe da Cepa pelo município. Na terça (20), acontecerá a primeira roda de diálogo, na Casa da Cultura de Taperoá. Já na quarta (21), a equipe dará seguimento ao bate-papo no Espaço da Câmara de Vereadores.

Caetité – A cerca de 630 quilômetros da capital baiana, o município de Caetité será palco da roda de diálogos a partir do dia 23 (sexta-feira). A ação terá início na Casa Anísio Teixeira, às 9h, para professores das redes públicas e particulares de ensino e agentes culturais das instituições existentes no município. Logo após, às 14h, acontecerá no auditório do Cetep uma conversa sobre Patrimônio Cultural, além da exibição do filme “Narradores de Javé” e construção de painel sobre patrimônios locais.