IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

    banner-terreiros

Notícias

IPAC assina termo de cooperação com convento de 100 anos em Ilhéus

  • Publicação:

O Convento da Piedade, fundado em 1916 em Ilhéus – cidade do litoral sul baiano – assinou hoje (8) pela manhã, um termo de cooperação com o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC). “O Colégio de Nossa Senhora da Piedade de Ilhéus é tombado pelo Estado desde 2008, e a cooperação vai trazer assessoria ao bem patrimonializado, com vistorias e pareceres técnicos, assim como, atividades de educação patrimonial no local”, explica o diretor geral do IPAC, João Carlos de Oliveira. O IPAC é vinculado à secretaria de Cultura do Estado (SecultBa).

O Convento já foi beneficiado com o Edital de Museus/IPAC em 2016, quando foram restauradas 18 obras de arte, dentre elas as imagens das santas Joana D’Arc, Ângela, Teresinha de Lisieux e de Nossa Senhora da Piedade. O edital do IPAC tem recursos do Fundo de Cultura. Segundo o diretor do IPAC, o acervo integra a edificação inspirada em estilo arquitetônico neogótico francês. “A maior parte do acervo é composta de peças jesuíticas, vindas de São Paulo e Ribeirão Preto em meados do século XX”, diz João Carlos. Fundada em 1916 e concluída em 1928, a Igreja de Nossa Senhora da Piedade, fica no Alto da Piedade, próxima a Baía do Pontal.

MUSEU, ESCOLA e IGREJA – No ato de assinatura, o diretor do IPAC foi representado pelo assessor de Relações Institucionais do Instituto, Andre Reis. Foram convidados secretários municipais e estaduais, deputados estaduais e federais, além de instituições culturais da cidade. O Instituto Nossa Senhora da Piedade que administra o Convento, possui museu, escola, igreja e laboratórios. Existe ainda uma poligonal de tombamento municipal que protege o entorno. A instituição é um símbolo religioso e educacional do município de Ilhéus e pertence a União Romana da Ordem de Santa Úrsula. A responsável pela criação do instituto foi a madre Maria Thaís do Sagrado Coração Paillart, uma ursulina francesa da Comunidade de Quimperlé (Bretanha, França).

Ainda no Edital de Museus/IPAC foram promovidas educação patrimonial e palestras no Convento, para contextualizar o acervo e socializá-lo. “Esse trabalho integrou o Programa Narrativas Patrimoniais do IPAC, no interior do estado, que propôs diálogo, qualificação e fomento para a área de patrimônio cultural (material e imaterial) e museus na Bahia”, lembra a coordenadora de Editais do IPAC, Ana Coelho. Para ela, os editais possibilitam a contribuição concreta de profissionais e especialistas na política pública. “O IPAC administra editais de arquitetura, urbanismo e restauro, e os de museologia”, diz.

PARCERIAS e VÍDEOS – Além da igreja e museu, a edificação possui anexos, com duas escolas, um auditório para mais de 600 pessoas, quadra poliesportiva e o instituto ambiental Cabruca. O IPAC desenvolve um Sistema de Parcerias e Colaborações em toda a Bahia. “Efetuamos parcerias com prefeituras, instituições e entidades educacionais, culturais, artísticas e museológicas, dentre outras”, comenta Andre Reis. Informações sobre o Convento via telefone (73) 3221-8613 e site www.piedade.org.br.

Conheça os vídeos sobre os Museus do IPAC (https://goo.gl/HriC4J), Educação Patrimonial (https://goo.gl/rJggpk), Projeto ‘Dei Valor!’ (https://goo.gl/jZQjJN) e Projeto Axé (https://goo.gl/34bd1a). Ainda, o Programa de Dinamização (https://goo.gl/S4EyRn), Rota de Museus 1 (https://goo.gl/uQS9NG) e Rota de Museus 2 (https://goo.gl/vphG2s), Festas do Bembé do Mercado (https://goo.gl/63H8Ve) e Boa Morte (https://goo.gl/BawMJJ), além da Capoeira (https://goo.gl/wFJdGN). Acesse: www.ipac.ba.gov.br, facebook ‘Ipacba Patrimônio’, twitter ‘@ipac_ba’ e instagram ‘@ipac.ba’.

Fotos em baixa resolução em anexo.

Veja Fotos do CONVENTO e restauro das peças em ALTA resolução no Link do FLICKR – Crédito Fotográfico obrigatório – Lei nº 9610/98 – José Carlos Matta: https://www.flickr.com/photos/secultba/sets/72157638729891595/

Assessoria de Comunicação – IPAC, em 08.11.2017
Jornalista responsável Geraldo Moniz de Aragão (DRT-BA nº 1498)
(71) 99110-5099, 9922-1743, 3117-6490, 3116-6673
Texto-base: Bruno Ganem (estagiário de Jornalismo)
ascom.ipac@ipac.ba.gov.br
www.ipac.ba.gov.br
Facebook ‘Ipacba Patrimônio’
Twitter ‘@ipac_ba’
Instagram ‘@ipac.patrimonio’