IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

Notícias

Exposição virtual dos 50 anos do PHCA

  • Publicação:

No dia que completa 50 anos, 08/03, o Parque Histórico Castro Alves (localizado no Recôncavo baiano, onde nasceu o poeta) inicia uma série de atividades especiais on line, a exemplo da exposição fotográfica “50 anos do Parque Histórico Castro Alves” e, às 16h, live especial com o ex-coordenador do parque, Helder Mello e a coordenadora do PHCA, Diogenisa Oliva. As atividades acontecem nas redes sociais da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (DIMUS/IPAC): blog (https://dimusbahia.wordpress.com), Facebook e Instagram @museusdabahia. 

 

A mostra faz parte das homenagens ao PHCA e reúne fotografias que passeiam nesse meio século de história e apresentam o local como equipamento cultural que promove o reconhecimento, a valorização e a preservação do patrimônio natural e cultural brasileiro, bem como da vida e obra do seu patrono, o poeta Castro Alves. Com curadoria de Cristiano Cardoso, a exposição traz 50 registros de diversos fotógrafos do PHCA, DIMUS e IPAC.

 

“Através dessas fotografias, é apresentada um pouco da história desta instituição que já nasceu destinada à cultura e educação. Além disso, esta exposição celebra as atividades e a presença da comunidade, refletindo os ideais de Castro Alves de justiça e de fraternidade passados através de versos épicos, tensos e dramáticos. Versos que nutriram e ainda hoje nutrem um sentimento de paixão e admiração em muitos que chegam no Parque – sozinhos ou em caravanas -, ávidos por ‘tocar a alma do poeta’ nas terras onde nasceu e viveu os ternos dias da primeira infância”, explica a coordenadora do parque, Diogenisa Oliva.

 

“Não imaginaria que seria tão emocionante executar essa curadoria. Vivenciei várias cenas das imagens selecionadas. Ouvindo, aprendendo e discutindo com comunidade as ações. Foi de grande importância, uma escola para minha vida pessoal e profissional. O parque é, e sempre será, uma referência de instituição incentivadora de educação e cultura”, declarou Cristiano Cardoso.

 

Castro Alves - Além da exposição, o PHCA vai comemorar de forma diferente outra data importante. Por conta dos cuidados em torno da pandemia, os 174 anos de nascimento de Castro Alves (14/03) também serão celebrados com programação variada nas redes sociais da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (DIMUS/IPAC): Blog (https://dimusbahia.wordpress.com), Facebook e Instagram @museusdabahia. 

 

De 09 a 11/03, acompanhe a série de vídeos em homenagem ao PHCA (depoimentos de pessoas que vivem, trabalham ou viveram e trabalharam no local, além de amantes de poesia e de Castro Alves). Dias 12 e 13/03, vídeos com participantes e amigos dos Festivais de Declamação de Poemas de Antônio de Castro Alves. Dia 13/03, às 15h, apresentação da história “Pitoco, o sariguezinho do PHCA”, do projeto Sopa de Letras. E, em 14/03, homenagens pelos 174 anos de nascimento de Castro Alves.

 

A responsável pela DIMUS, Fátima Santos, declara que o momento é de celebrar todo o trabalho que é feito em prol do patrimônio de Castro Alves, mas ainda mais o envolvimento e a inclusão da comunidade nas atividades culturais e socioeducativas do parque. “A cidade e a própria comunidade de Cabaceiras do Paraguaçu vem construindo uma parceria com o parque desde o início. Assim, o parque também contribui para o desenvolvimento da cidade e das pessoas”.

 

A coordenadora do PHCA, Diogenisa Oliva, acrescenta que o público aproveita bastante todas as instalações do museu (instalado em um espaço com 52 mil metros quadrados) e as atividades diversas. ”A cidade abraça maravilhosamente bem o parque. No parque desenvolvemos cursos, oficinas, palestras, ou seja, o público pode usufruir dos projetos socioeducativos permanentes e que dialogam com os ideais de Castro Alves e de valorização da comunidade. Trabalhamos para manter viva a obra de Castro Alves para que as novas gerações conheçam seus escritos e compreendam sua obra”, ressalta Diogenisa Oliva.

 

Um bom exemplo dessa parceria é a realização anual dos festivais de declamação de poemas de Castro Alves que fazem parte das comemorações de nascimento do poeta (em 2020 foram realizados o 6º Festival Infantil e o 19º Festival de Declamação de Poemas de Antônio de Castro Alves). Crianças, jovens e adultos - de diversas regiões - participam do evento quando são selecionados os cinco melhores de cada categoria. Os jurados analisam originalidade (criatividade utilizada para a apresentação do poema), dicção (clareza das palavras pronunciadas), fluência verbal (correção e a pronúncia) e fidelidade ao texto (exatidão e o respeito a todos os versos e palavras do poema). O júri é composto por professores, historiadores, diretores de teatro, escritores, entre outros.

 

O PHCA

 

Localizado a 170 km da cidade de Salvador, em Cabaceiras do Paraguaçu (BA), o Parque Histórico Castro Alves (PHCA) é um museu biográfico que funciona em um espaço com 52 mil metros quadrados. Situado na Fazenda Cabaceiras, onde nasceu Castro Alves (14.03.1847 – 6.07.1871), o museu foi inaugurado em março de 1971, por ocasião do primeiro centenário da morte do poeta baiano. É o lugar ideal para o público conhecer, pesquisar e mergulhar no universo do porta-voz literário da Abolição da Escravatura no Brasil.

 

Além de acervo com objetos que pertenceram a Castro Alves e seus familiares, formado por fotografias, cartões-postais, manuscritos, livros, indumentárias, adornos pessoais, utensílios domésticos e artes visuais, o Parque Histórico dispõe de anexo com sala multimídia, auditório, biblioteca, infocentro, reserva técnica, refeitório e administrativo. Na área de Mata Nativa, os visitantes podem fazer uma trilha e visitarem o Pouso de Adelaide, o Anfiteatro, a Cruz da Estrada, a Fonte e o Marco da Fazenda.

 

O público pode ainda usufruir dos projetos socioeducativos: Conhecendo as Nascentes; Sarau no Parque: Música, Poesia e Arte nos Finais de Tarde; Brincando no Parque como no Tempo de Nossos Avôs; Oficina de Teatro; Baú de Memórias e Sopa de Letras. Anualmente, o parque também promove o Festival de Declamação de Poemas de Antônio de Castro Alves.

 

O Parque Histórico Castro Alves integra o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), unidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult). Endereço: Praça Castro Alves, 106, Centro, Cabaceiras do Paraguaçu/BA. Contato: (75) 3681-1102.

 

Núcleo de Comunicação – Ascom Dimus

Jornalista responsável: Yara Vasku (DRT-PR 2904)

(71) 3117-6445/ 99119-7746 / yaravasku.dimus@gmail.com

Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Dimus/Ipac)

Rua Gregório de Mattos, 33 – 1° andar, Pelourinho, Salvador (BA)

Acesse as redes sociais da DIMUS: Blog:  https://dimusbahia.wordpress.com

 

 

Facebook: @museusdabahia / Instagram: @museusdabahia