IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

Notícias

Exposição sobre 2 julho chega em Salvador

  • Publicação:

Poesias e músicas marcaram a abertura da exposição “Caminhadas Patrimoniais: Passos da Independência”, realizada na tarde da última quinta-feira (28), no Shopping Piedade, em Salvador. A mostra, uma extensão do protejo “Caminhadas Patrimoniais: Passos da Independência do Recôncavo”, tem patrocínio integral de recursos do Fundo de Cultura da Bahia, aprovado pelo Edital Setorial de Patrimônio Cultural, Arquitetura e Urbanismo do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), autarquia vinculada a Secretaria de Cultura da Bahia (Secult).

 

Após o marcante hino da Independência da Bahia, a coordenadora de museus do IPAC, Ana Liberato, falou sobre a importância da exposição, que traz marcos importantes que contribuíram para a Independência da Bahia no processo da Independência do Brasil.

 

“O cortejo 2 de Julho é um bem cultural reconhecido como Patrimônio Imaterial, que reverencia as lutas, fatos, personagens e locais que fizeram parte da trama da Independência do Brasil na Bahia. Essa exposição é de extrema relevância, pois oportuniza o acesso a este conhecimento”, explica.

 

Liberato comentou ainda sobre as apresentações artísticas na abertura do evento e o cortejo realizado pelo shopping até o local da exposição que, de forma lúdica, conseguiu atrair a atenção das pessoas. “Quando se fala em exposição, se pensa logo em painéis, fotos e nunca se reporta a músicas e poemas. Porém, o grupo Poemusik apresentou um acontecimento importante de uma forma musical e rimada e isso chama a atenção”, enfatizou.

 

Exposição

 

Ao todo, são 10 totens em exibição no piso L3, que retratam pontos históricos entre três cidades do Recôncavo: Cachoeira, São Félix e Santo Amaro. “O projeto já ganhou destaque, não só nas cidades que a gente atua, mas também aqui na capital, então a ideia é dar continuidade e levá-lo outras localidades”, explica Jadson Santos, um dos proponentes do projeto.

 

Segundo Tamires Costa, também proponente e pesquisadora do “Caminhadas Patrimoniais”, “esta ação diversifica o conhecimento sobre as temáticas relativas à história da independência, além da valorizar o patrimônio, a identidade e memória local”, destacou. Aexposição estará disponível para visitação gratuita até 12 de julho.

 

Assessoria de Comunicação – IPAC, em 05.07.2018

Assessora Responsável: Alexsandra de Alcântara Santos

Texto: Nicolas Melo (Estagiário)

Revisão de texto: Carla Costa (Jornalista DRT:03850)

(71) 3117-6490, 3116-6673

ascom.ipac@ipac.ba.gov.br

www.ipac.ba.gov.br

Facebook: Ipacba Patrimônio

Twitter: @ipac_ba