IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

Notícias

Exposição Eliana Kertész – Fartura e Abundância estreia dia 18 de dezembro

  • Publicação:
Com curadoria de Gringo Cardia, mostra fica em cartaz até maço de 2020

Suas meninas são referência em Salvador. Afinal, seja morador ou turista quem está na capital baiana já ouviu pelo menos uma vez: “me encontre ali na rua das Gordinhas”. As obras, que têm o nome de “Meninas dos Brasil”, estão localizadas na Rua Adhemar de Barros, em Ondina, e são a marca da escultora Eliana Kertész. A artista plástica ganha Exposição – Fartura e Abundância, que estreia dia 18 de dezembro para o público e fica em cartaz até 8 de março de 2020 no Palacete das Artes, com entrada gratuita. A curadoria da mostra fica a cargo do artista multimídia Gringo Cardia. “É um desejo que todo mundo conheça melhor a autora de obras que são uma marca de Salvador. A memória tem que ser cultivada através de exposições e é o meu papel ser o tradutor para mostrar a arte dessa escultora para o público”, diz Gringo.

A vida de Eliana Kertész foi marcada pelo seu caráter ousado, político e revolucionário e isso se refletiu na sua obra. A artista faleceu em março de 2017, mas deixou um legado que vai estar disponível na exposição. A baiana de Conceição da Feira e que depois veio a se tornar a vereadora mais votada de Salvador será retratada na exposição com todo seu caráter ousado, político, revolucionário, de quem esculpiu na contramão do padrão estético. Na mostra o público vai conhecer a intimidade da escultora. A visitação começa numa representação do ateliê da artista, com objetos pessoais, fotos e moldes, o local onde ela se inspirava. “O público vai ver como era sua cabeça e depois ver sua obra e assim perceber que a obra é a extensão da pessoa”, conta Gringo. 

Cada obra de Eliana tem uma personalidade diferente. São obras que apresentam emoções e temperamentos e o público vai se surpreender e entrar nessa viagem de personagens que se misturam com a própria vida da artista. “O desejo de Eliana era que as pessoas interagissem com suas obras, que elas ficassem públicas e ganhassem as ruas”, pontua Cardia. E essa interação está presente na exposição. Logo após à visita ao ateliê, os visitantes se deparam com algumas peças gigantes, onde podem tirar fotos. Depois têm os originais, para olhar, sem tocar e o público vai perceber a diferença de escalas. A mostra ainda conta com peças em alto-relevo e uma “gordinha”, na qual todos vão poder abraçar e tirar a famosa selfie. “São ambientes diferentes para o público ter uma viagem sensorial, para imergir no espaço, obra e ambientação. Eu quero que as pessoas vejam a grandiosidade do trabalho artístico de Eliana”, conclui Gringo.

A mostra também conta com vídeos com depoimentos de pessoas que fizeram parte da vida de Eliana. Filhos, amigos, artistas que contam histórias, curiosidades, inspirações e detalhes da artista. São pessoas e percepções diferentes que mostram lados, olhares que apontam quem foi a escultora e a aproxima do público.  A Exposição Eliana Kertész – Fartura e Abundância tem o patrocínio da Prefeitura Municipal de Salvador, Lexus, Battre, Instituto Solví, Shopping da Bahia e Governo do Estado da Bahia e apoio do Ipac e Secretaria de Cultura do Governo da Bahia. 

O Palacete das Artes é um equipamento vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC)/Secretaria de Cultura/Estado da Bahia. Funciona de terça a sexta, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h. Mais informações no tel. 71 3117 6987.  

Serviço:
Exposição Eliana Kertész – Fartura e Abundância
Local: Palacete das Artes, R. da Graça, 284 – Graça, Salvador – BA,
Período – terça-feira a domingo, de 18 de dezembro de 2019 a 8 de março de 2020
Funcionamento- Terça a sexta: 13h às 19h.
Sábado, domingo e feriados: 14h às 18h.
Valor: Gratuito