IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

Notícias

‘Circuito Afro-Brasileiro do IPAC’ reúne atividades alusivas ao Novembro Negro

  • Publicação:

Dia 20 de novembro comemora-se no Brasil o Dia da Consciência Negra – data em referência à morte do Zumbi dos Palmares, um dos símbolos de resistência do povo negro – e para marcar a ocasião, o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), autarquia vinculada à Secretaria de Cultura do Governo da Bahia (Secult), irá promover a primeira edição do “Circuito Afro-Brasileiro do Ipac” reunindo uma série de atrações gratuitas em alusão ao Novembro Negro.

As atividades acontecerão de 21 a 24, em Salvador, Jequié e Cachoeira e tem como objetivo promover um espaço para reviver e aprender sobre a história do Brasil celebrando o mês da Consciência Negra. Será um momento de encontro e (re) significação de elementos estéticos, de saúde, música, religiosidade, culinária entre outras muitas características culturais africanas.

Segundo a coordenadora de museus do Ipac, Ana Liberato, a simbologia da data é um momento de resgatar e reviver a memória da luta de Zumbi e também para lembrar que apesar de toda legislação vigente no nosso país, em pleno século XXI, ainda é recorrente os casos de racismo, preconceito e intolerância religiosa.

“O momento é de celebração e também de reflexão. É sempre importante debater questões raciais e discutir formas de combater a discriminação, pois ainda não aprendemos a conviver com as diversidades, sejam elas de raça, sexo ou gênero. E foi a partir disso, dessa importância, que surgiu a ideia do projeto”, declarou.

Já a empreendedora, Ingrid Sales, que montará no evento uma barraca com artigos e comidas africanas, as comemorações do Novembro Negro é uma condição indispensável. “Para além da possibilidade de uma renda extra, eu estou bastante ansiosa, confiante e feliz em poder participar do Circuito Afro-Brasileiro do Ipac, pois trata-se de um evento de reafirmação, reconhecimento e empoderamento na capital mais negra do país”, destaca.

Oficinas, exposições, mesas de debates, apresentações culturais e feira também serão alguns dos destaques que integram a programação do circuito. Confira a programação:

SALVADOR


Local: Praça das Artes

Data: 21, 22, 23 e 24.11


 21.11 – QUARTA

 CINE

Documentário 1798 Revolta dos Búzios

Local: Museu Eugênio Teixeira Leal

Hora: 15h30

22.11 – QUINTA

 BATE PAPO

Efetividade x Afetividade: o cuidar nos terreiros

Local: Museu Tempostal

Hora: 14h30

PALESTRA DE ABERTURA

Memórias de terreiros: herança e religiosidade

Local: Museu Tempostal

Hora: 16h

AULA PÚBLICA

Do semba ao samba com Emília Biancardi

Local: Casa 39 (LabDimus)

Hora: 15h

Apresentação Cultural

Poemusik

Local: Área Externa – Praça das Artes

Hora: 17h30

23.11 – SEXTA

BATE PAPO

Doença Falciforme: Fisiopatologia e manifestações clinicas

Abadfal – Associação Baiana de Pessoas com Doença Falciforme

Local: Museu Tempostal

Hora: 14h30

BATE PAPO

Hipersexualização de corpos negros e pegação

Casarão da Diversidade (Centro de Promoção e Defesa dos Direitos LGBT) e site Dois Terços

Local: Museu Tempostal

Hora: 16h

DANÇA

Espetáculo Pacífico com bailarino Paulo Fonseca

BTCA – Balé do Teatro Castro Alves

Local: Área Externa – Praça das Artes

Hora: 17h30

MINI CURSO

Confecção de Orixás em bonecas de pano

Projeto Agulhas do Poder

Hora: 14h às 17h

Local: Casa 39 (LabDimus)

inscrição pela internet

 24.11 – SÁBADO

 CINE

Cine-debate: A vida e a Morte de Marsha P. Johnson

Casarão da Diversidade

Local: Museu Tempostal

Hora: 10h

BATE PAPO

Como cuidar de cabelos crespos e cacheados

Coletivo Cacheadas e Crespas

Local: Museu Tempostal

Hora: 14h

OFICINA

Auto maquiagem para pele negra

Local: Museu Tempostal

Hora: 15h30

VISITA GUIADA

Visita guiada as Coleções de Arte Popular e Arte Africana

Local: Solar Ferrão

Hora: 15h30

PALESTRA

A retomada da identidade negra como Ato Politico

Local: Museu Tempostal

Hora: 17h

MINI CURSO

Confecção de Orixás em bonecas de pano

Projeto Agulhas do Poder

Hora: 14h às 17h

Local: Casa 39 (LabDimus)

inscrição pela internet

FESTA DE ENCERRAMENTO

Coletivo Batekoo

Local: Área Externa – Praça das Artes

Hora: 19h


 FEIRA

Empreendedores negros

Povos Tradicionais índios e quilombolas

Casarão da Diversidade

Abadfal – Associação Baiana de Pessoas com Doença Falciforme

Local: Área Externa – Praça das Artes

Hora: 14 às 19h


MUSEUS


SOLAR FERRÃO

 Reabertura da “Coleção de Arte Africana Claudio Masella” com bate-papo

Data: 23 de novembro

Horário: 15h30

Visitação: terça a sexta, das 10h às 17h; sábado das 13h às 17h.

A Missa

Data: aberto ao público até o dia 02 de dezembro

Visitação: terça a sexta, das 10h às 17h; sábado das 13h às 17h.

Coleção de Arte Popular 

Visitação: terça a sexta, das 10h às 17h; sábado das 13h às 17h.

 

MUSEU UDO KNOFF

 Abertura da 3ª edição da exposição “Coroa de Ouro: Torços e Turbantes” com Negra Jhô

Quando: 20 de novembro

Horário: 18h

Palestra “Super-Heróis negros nos quadrinhos” com o historiador Sávio Roz

Quando: 21 de novembro

Horário: 14h

POEMUSIK: Poesia Musicada

Quando: 22 de novembro

Horário: 14h

“Mediação e Oficina de Pintura em Azulejos” com temática africana

Quando: 28 de novembro

Horário: 09h

PALACETE DAS ARTES

 Exposição “Negra Bahia” da fotógrafa Sinisia Coni

Quando: 20 de novembro

Horário: 19h

Encontro “Contos e Cantadores” 

Quando: 24 de novembro

Horário: às 17h

CINE – Documentário 1798 Revolta dos Búzios 

Quando: 22 e 23 de novembro

Horários: 15h e 17h

TEMPOSTAL

 Memórias Negras em Salvador com José Carlos Ferreira, Débora Luz e José Eduardo Santos

Data: 14 de novembro

Horário: 13h

 

Apresentação em PowerPoint “O negro na memória do Museu Tempostal

Quando: aberto ao público até o dia 17 de novembro

Visitação: terça a sexta das 10h às 17h; sábado, das 13h às 17h

 

Bate- papo com Savio Roz: A evolução dos personagens negros nas histórias em quadrinhos.

Data: 20 de novembro

Horário: 14h

 

Assessoria de Comunicação – IPAC, em 19.11.2018

Assessora Responsável: Alexsandra de Alcântara Santos

Texto: Mari Sonciarê (Estagiária)

Revisão de texto: Carla Costa (Jornalista DRT:03850)

(71) 3117-6490, 3116-6673

ascom.ipac@ipac.ba.gov.br

www.ipac.ba.gov.br

Facebook: Ipacba Patrimônio

Twitter: @ipac_ba