IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia

    banner-terreiros

Notícias

Baianos e turistas comemoram reforma nos Largos do Pelourinho

  • Publicação:

A reforma nos largos Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro D’Água, no Pelourinho, atrai atenção de baianos e turistas que passam pelo Centro Histórico de Salvador (CHS). Guias de turismo, capoeiristas, taxistas, professores e trabalhadores da área passam sempre nas entradas dos três largos, nas ruas Gregório de Mattos e J. Castro Rabelo, no Pelourinho. Além de turistas do interior da Bahia, do Rio, São Paulo, Rio Grande do Sul, e de países como Uruguai, França, Estados Unidos e Alemanha. Eles abordam os vigias e técnicos do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) da Secretaria de Cultura (SecultBa) que trabalham nas reformas para saber mais detalhes da intervenção.

 

“Todas as etapas das obras são acompanhadas com vistorias, relatórios e levantamentos fotográficos, não só para gerenciamento, como também para a estrutura comunicacional do governo que transmite à sociedade”, afirma o diretor de Projetos e Obras do IPAC, Felipe Musse. Ele informa que já estão em fase final a reestruturação hidráulica e hidrossanitária, além da restauração de fachadas e pintura em alta qualidade dos cerca de 50 casarões que circundam os largos. “Alguns dos espaços terão subestação de energia, camarins e novos palcos”, completa.

 

CONFORTO, DANÇA e MÚSICA – Recomposição de escadas e pisos, requalificação de sanitários, poda de árvores e drenagem de toda estrutura também fazem parte da reforma do IPAC. Mais de 50 operários estão envolvidos. Limpeza, desmontagens de estruturas antigas e reparos gerais já foram finalizados. “Os largos estavam sem manutenção. Para nós músicos é muito importante ter um espaço com conforto para fazermos o show descansados e com alegria. A iniciativa é muito boa!”, comemora Mestre Lineu, da Banda Olodum.

 

Para a turista Maria Isabel Bustus, do Chile, os espaços culturais que recebem grande público devem sempre ser melhorados. “É um lugar que atrai pessoas para dança, música, poesias, feiras e por isso necessita de cuidado. Parabéns pela iniciativa”, diz Maria Isabel. Já a cozinheira Irenildes Cardoso, fica comovida quando fala dos largos. “Trabalhei durante 20 anos no Largo Quincas Berro D’Água e, com esse tempo, nunca vi reforma como esta! Fiquei muito feliz quando soube da revitalização”, comenta emocionada.

 

COMÉRCIO e SEGURANÇA – Para historiador de arte e professor, o baiano Marcos Pio, as obras vão marcar o Pelourinho. “Essa iniciativa é maravilhosa! Em todo o Brasil somos carentes dessa agenda pública. Os espaços públicos precisam de assistência e manutenção para receber a população. Fico feliz e quero frequentar os Largos para ver como ficaram lindos”, avisa. Para o guia de turismo, Armando Filho, o mais importante, além da conservação dos espaços é a frequência de pessoas no Centro Histórico. “Esta intervenção do IPAC nos largos significa um grande percentual do comércio do Pelourinho! Vai ser fundamental a volta das programações festivas e artístico-culturais nesses espaços”, relata ele.

 

Turista de Mucugê, na Chapada Diamantina, Patrícia Oliveira, lembra da segurança que a reforma vai proporcionar aos frequentadores dos largos.  “O verão está próximo e fiquei feliz quando soube que esses espaços estavam sendo revitalizados! Isso é sinal de cuidado com nosso patrimônio. Os locais públicos precisam de atenção, principalmente para a segurança da população”, finaliza. “Os Largos terão rotas de fuga, guarda-corpos adequados e todas as especificações de segurança exigidas pelas legislações e Corpo de Bombeiros”, explica o diretor de Obras e Restauro do IPAC, Felipe Musse.

 

Conheça os vídeos Secom/IPAC: Educativo (https://goo.gl/rJggpk), Balé Folclórico (https://goo.gl/jZQjJN), Projeto Axé (https://goo.gl/34bd1a), Dinamização (https://goo.gl/S4EyRn), Museus (https://goo.gl/uQS9NG e https://goo.gl/vphG2s), Festa do Bembé (https://goo.gl/63H8Ve), Festa da Boa Morte (https://goo.gl/BawMJJ) e Capoeira (https://goo.gl/wFJdGN). Acesse: www.ipac.ba.gov.br, facebook Ipacba Patrimônio e twitter @ipac_ba.

 

 

Crédito obrigatório – Lei nº 9610/98: Newton Soares

 

Assessoria de Comunicação – IPAC, em 01.11.2017

(71) 3117-6490, 3116-6673, 991105099

Jornalista responsável Geraldo Moniz de Aragão (DRT-BA nº 1498)

Entrevistas: Newton Soares e Stéphanie Estela (Estagiários de Jornalismo)

ascom.ipac@ipac.ba.gov.br - www.ipac.ba.gov.br

Facebook: Ipacba Patrimônio  -  Twitter: @ipac_ba -  Instagram: @ipac.ba